All for Joomla All for Webmasters
E-mail
contato@construsaito.com.br
Telefone
(11) 4582-0330
WhatsApp
(11) 99664-0770

Como planejar a iluminação perfeita para a sala de estar?

Veja nossas dicas e deixa a sua sala de estar com a iluminação perfeita

Um bom projeto de iluminação é essencial para a composição de um ambiente, afinal, ela é capaz de criar sensações, valorizar a decoração e, além disso, ainda é responsável por garantir conforto visual e facilitar as nossas atividades diárias.

No caso das salas de estar, o projeto luminotécnico ainda pode criar diferentes cenários de acordo com a projeção da luz, podendo proporcionar tanto um clima mais romântico quanto um ambiente mais aconchegante para reunir toda a família.

Pensando nisso, nós preparamos esse post com diversas dicas para ajudar você a planejar o projeto de iluminação mais adequado para a sua sala de estar. Confira!

Escolha o tipo de iluminação

sala pode ser um local para descanso, lazer, descontração ou, até mesmo para uma leitura tranquila e, por isso, seu projeto de iluminação deve ser democrático e flexível.

Assim como na maioria dos cômodos, o uso de uma iluminação geral, ou ambiente, é indispensável para as salas. Trata-se de uma luz suave — geralmente, localizada o centro do cômodo — que ilumina o ambiente de maneira geral e uniforme, sem irritar ou cansar os olhos.

Lustres ou plafons são ótimas opções para valorizar esse tipo de iluminação.

Uma iluminação indireta também é sempre bem-vinda neste cômodo. Neste caso, os pontos de luz não são direcionados para pontos específicos, fazendo com que ela se espalhe por todo o ambiente. São ótimas para criar uma atmosfera mais acolhedora e intimista.

Seu uso pode ser melhor aproveitado através de sancas ou painéis luminosos.

iluminação direta é ótima para criar um cantinho de leitura, ou para dar destaque a algum objeto, já que ela é direcionada para um ponto específico.

Os focos de luz direta podem ser lumininárias de mesa, pendentes e spots.

Atente-se para o tipo de lâmpada

Outro ponto muito importante para garantir o sucesso de qualquer projeto luminotécnico é a escolha do tipo de lâmpada mais adequada. Para isso, é necessário considerar as suas especificações e tonalidades, bem como a funcionalidade do cômodo.

Dentre os tipos de lâmpadas disponíveis, as mais comuns são: incandescentesfluorescentes e LED. Abaixo você pode conferir as principais características de cada uma:

  • Incandescentes: As lâmpadas incandescentes são amareladas, emitem calor, consomem energia demasiadamente e não possuem alta durabilidade;
  • Fluorescente: As lâmpadas fluorescentes podem variar entre os tons amarelados aos brancos azulados. Possuem alta durabilidade e são econômicas;
  • LED: As lâmpadas de LED são modernas e sofisticadas. Podem ser encontradas em diversas tonalidades, não emitem calor, têm a vida útil muito prolongada e possuem um gasto de energia baixo, sendo mais econômicas que as demais.

No caso das salas de estar, indica-se apenas o uso de lâmpadas amareladas — ou lâmpadas quentes, como são popularmente conhecidas. Isso porque, elas são excelentes para criar um clima mais intimista e aconchegante que esse cômodo exige.

Valorize a iluminação natural

Por mais importante que seja investir em um bom projeto de iluminação artificial, também é extremamente necessário valorizar a luz natural dentro da sua casa.

Afinal, nenhuma lâmpada, por mais eficiente que seja, pode substituir a praticidade e economia que a luz solar é capaz de proporcionar.

Por isso, sempre que possível, deixe as janelas abertas e livre-se das cortinas pesadas e de tons escuros, que podem obstruir a entrada dos raios solares no ambiente.

Caso você não queira abrir mão de utilizá-las, procure substituir por cortinas de cores mais claras e tecidos leves, como o linho e a seda.

Agora que você já sabe como planejar a iluminação adequada para a sua sala converse com um dos nossos vendedores.

About the author

Leave a Reply

Open chat
1
Olá!
Como podemos te ajudar?
Powered by